Seja uma patroa equilibrada, veja algumas dicas:

 

  • Jamais eleve o tom da voz ou trate de maneira ofensiva a sua empregada. Se ainda não cometeu, pode ser que algum dia você cometa um pequeno deslize no seu próprio trabalho, e não vai gostar se o seu chefe lhe tratar mal.
  • Crie regras, mas facilite a execução delas. Você pode facilitar bastante o desempenho da sua empregada se fizer um pequeno guia de serviços na sua casa. Escreva sobre as coisas que considera importantes, como a forma certa de pendurar as roupas no varal, ou de que maneira organizar as roupas no armário, ou quando limpar a geladeira etc. Pequenos lembretes espalhados pela casa também serão úteis, pelo menos no período de adaptação de sua empregada.
  • Se isso for importante para você, estabeleça horários e seja firme no cumprimento deles.
  • Não faça vista grossa. Corrija a sua empregada sempre que algum serviço for executado de maneira errada. Ficar insatisfeita com a qualidade dos serviços só para não ter que chamar a atenção dela não é uma boa opção. Mas seja educada e paciente quando for corrigi-la.
  • Assim como você, sua empregada pode ter problemas em casa, seja de saúde ou com os filhos. Seja flexível.
  • Não atrase o salário. É seu direito exigir que as tarefas domésticas sejam executadas com qualidade e do seu jeito, mas também é sua obrigação pagar a sua empregada em dia.